Pesquisar este blog

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

ONG realiza feira de adoção de cães no Boavista Shopping



Instituição perdeu um de seus terrenos e precisa doar os animais com urgência


Repetindo o sucesso do último fim de semana, o Boavista Shopping recebe mais uma feira de adoção de cachorros neste sábado, 1º de setembro. Realizada em parceria com a ONG Aliança com a vida, a ação acorre das 11h às 16h no estacionamento aberto (Piso G6) do shopping. Serão 18 cachorros nesta edição da feira e a adoção é gratuita, mediante entrevista.

A ação faz parte da campanha #JuntosSomosMaisAdote que a instituição lançou após saber que terá que deixar sua sede em Itapecerica da Serra e tem pouco dias para deixar o local. Além dos cães no evento do Boavista Shopping, outros animais estão disponíveis para serem adotados. Fotos dos cachorros e detalhes da campanha estão em aliancacomavida.com.br.

A adoção é gratuita e os interessados passarão por uma entrevista com voluntários da ONG, precisam ter residência fixa, manter contato e receber visita da instituição, além de preencher um termo de compromisso. A ‘Aliança com a vida’ é uma entidade sem fins lucrativos que há mais de 20 anos realiza trabalho de cuidado aos animais abandonados e em 2009 foi fundada formalmente.




Feira de adoção de cães no Boavista Shopping com a ONG Aliança com a Vida
Quando: 1º de setembro de 2018 (sábado)
Horário: 11h às 16h
Onde: Piso G6, estacionamento descoberto – Rua Borba Gato nº 59 - Santo Amaro - São Paulo/ SP
Adoção gratuita mediante entrevista


1º de setembro: Dia do Profissional de Educação Física


Categoria responsável pela orientação correta e segura dos exercícios físicos comemora também 20 anos de regulamentação da profissão


No próximo sábado, 1º de setembro, será celebrado o Dia do Profissional de Educação Física. E esse ano a data será ainda mais especial. Isso porque a lei 9.696/98 - que regulamenta a profissão - completa 20 anos de existência. Os mais de 450 mil profissionais registrados, presentes em escolas, clubes, academias e hospitais, têm motivos de sobra para comemorar.

Ao longo de duas décadas de existência, a profissão estabeleceu um marco em nosso país: modificou o foco da atividade física, da estética e modismo para sinônimo de cultura, vida saudável, desenvolvimento humano e inclusão social.  Quem ganha é a sociedade, que tem a garantia da orientação qualificada e ética em diversas áreas, como no esporte, na educação e na saúde, além do profissional de Educação Física, que tem sua importância e protagonismo devidamente reconhecidos.

Para o presidente do Conselho Federal de Educação Física - CONFEF, Jorge Steinhilber, a profissão tende a crescer ainda mais. “O profissional de Educação Física tem um grande mercado a ser explorado no combate à obesidade e à inatividade física. Além disso, com o envelhecimento da população, a busca pela qualidade de vida das pessoas idosas também demandará a atuação desses profissionais”, aponta. 

O crescimento regular das academias comprova a preocupação da sociedade com a saúde. Em 2017, mais de 5 mil academias foram contabilizadas em relação ao ano anterior. Em 2018, apenas no primeiro semestre, cerca de 4 mil novos estabelecimentos foram registrados, totalizando mais de 51 mil locais com oferta de atividades físicas no país.  


Fiscalização de ponta a ponta

Aproximadamente 10 mil estabelecimentos irregulares foram notificados pelos Conselhos Regionais de Educação Física no primeiro semestre de 2018. Além dos locais, foram flagradas cerca de 6 mil pessoas atuando irregularmente na profissão. As ações de fiscalização têm como objetivo defender a sociedade contra a falta de ética profissional e contra pessoas inabilitadas para a prestação de serviço em atividades físicas e do desporto.

“A regulamentação da profissão, há 20 anos, trouxe mais segurança para a sociedade na medida em que você tem um Conselho para o qual você pode denunciar irregularidades, garantindo a qualidade dos serviços prestados na área”, indica o presidente do CONFEF, Jorge Steinhilber. 


20 anos de profissão

Para conhecer as principais conquistas da regulamentação da profissão de Educação Física, acesse www.orientacaocerta.com.br


Mais da metade da população brasileira é sedentária


No Dia do Educador Físico, 1º de setembro, especialistas chamam a atenção para a prática de exercícios e os hábitos saudáveis 


A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada em maio de 2017 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apontou que 62,1% dos brasileiros com 15 anos ou mais não praticam atividades físicas. Ou seja, 100,5 milhões de pessoas de um total de 161,8 milhões que estão nessa faixa etária não fazem exercícios físicos.

Para as mulheres, a ausência da prática de exercícios físicos é mais comum: duas em cada três não se exercitam (66,6%). Entre os homens, esse percentual foi de 57,3%, de acordo com o IBGE. O principal motivo relatado pelos entrevistados que não se dedicam a este tipo de atividade é a falta de tempo livre (38,2%).

O Dia do Educador Físico é comemorado no dia 1º de setembro e a data serve como reflexão para a importância de praticar exercícios físicos regularmente. “A prática de exercícios é recomendada para todas as idades e traz inúmeros benefícios, como o aumento da produção de endorfina, redução da tensão muscular e do hormônio do estresse, além da manutenção da saúde do coração”, explica a professora do Centro Universitário Internacional Uninter, Fabiana Kadota Pereira.

 A especialista projeta um crescimento na demanda por esse profissional nos próximos anos. “O aumento de crianças sedentárias e acima do peso, além de pessoas com uma estimativa de vida acima dos 70 anos, aliado ao uso compulsivo de celulares, tablets, computadores, games, bem como doenças por repetição de movimento, serão responsáveis pelo aumento da busca pelo profissional de Educação Física”, avalia.




Grupo UNINTER


Posts mais acessados