Pesquisar no Blog

sábado, 25 de maio de 2024

Hairstylist Paulo Persil ensina penteados inspirados na sensação da Netflix: Bridgerton

O especialista em penteados e embaixador da Cless Cosméticos, mostra como é fácil montar um cabelo lindo, moderno e que remeta à época retratada na série

 

Para celebrar o lançamento da nova temporada da série de sucesso “Bridgerton”, o embaixador da Cless Cosméticos e hairstylist , Paulo Persil, trouxe o passo a passo de cinco penteados modernos, para você ser completamente invadida pela onda da realeza. 

 A série, que se passa entre os anos de 1813 e 1827, mostra um período em que a alta sociedade londrina inspirava e influenciava a sociedade, com suas tendências.  "Bridgerton" reflete essa fascinação atemporal, mostrando como a influência dos poderosos molda sonhos e comportamentos, tanto no passado quanto no presente, revelando nosso desejo universal de aspiração e melhoria.” Diz Paulo Persil, Embaixador da Cless Cosméticos. 

Agora você pode sentar no sofá, pegar pipoca, seus produtos da Cless, dignos da realeza  e maratonar a nova temporada, enquanto recria os penteados incríveis do Paulo Persil e se sente parte da família londrina, mais famosa do Brasil, os Bridgertons.

 

Semi Preso em ondas Glam 


Para o penteado semi preso em ondas glam, um dos mais pedidos atualmente, é importante estruturar o volume. Para isso, a utilização do mousse Charming é fundamental. Primeiramente, faça uma escova levantando a raiz e, em seguida, use um modelador de 25mm para criar as ondas. Para controlar o frizz durante a execução, lubrifique as mãos com a pomada de coco Salon Opus. O penteado é simples: puxe uma mecha do topo para trás e prenda-a, enquanto duas mechas de cada lateral são torcidas e presas no centro, criando um efeito cascata. Durante todo o processo, utilize o spray Charming e finalize com um jato de spray de brilho Eu Amo Charming.

 

Coque de Mechas Torcidas


Nada é mais "Bridgerton" do que este coque, que é um sucesso mundial entre debutantes, noivas e amantes de eventos sociais em geral. O resultado final depende do produto utilizado para criar estrutura, sendo a mousse Charming fundamental nesse quesito. Após lavar e secar o cabelo, aplique uma generosa quantidade de mousse Charming e faça uma escova levantando a raiz e modelando as pontas. Durante a execução do penteado, as mechas foram abertas em ziguezague para criar um efeito rasgado, e as mãos foram lubrificadas com óleo de coco Salon Opus. Para ajudar no efeito das mechas torcidas com desenho aparente, use um spray forte Charming para alinhar os fios e ajustar as mechas. Finalize com um jato de spray de brilho Eu Amo Charming para dar um toque de frescor ao penteado.



Semi Preso Princesa


O penteado semi preso princesa é uma excelente escolha para as discretas que apreciam a simplicidade sem abrir mão do estilo. Para conseguir o efeito das mechas torcidas, a preparação do cabelo foi feita com muito cuidado e produtos adequados. Aplique a Mousse Eu Amo Charming em toda a extensão dos fios para obter um volume discreto e, ao mesmo tempo, estruturar e definir pontas duradouras. Durante o penteado, as mechas foram abertas em ziguezague, torcidas para dentro e presas no centro, com as pontas caindo livremente. A pomada Charming ajuda a eliminar o frizz, enquanto o Spray Charming foi utilizado durante toda a execução do look para criar estrutura e alinhamento duradouro. Para finalizar, um jato de Spray de Brilho Eu Amo Charming deu o toque final, proporcionando um acabamento perfeito. 

 

Coque Imperial 


As básicas que me perdoem, mas o coque é fundamental e, neste caso, cheio de mechas torcidas para criar um visual mais "Bridgerton" dos dias atuais. O molde das mechas depende do efeito desejado: mais aberto, mais fechado, com menos ou mais volume. Para preparar o cabelo, é simples: faça uma escova básica com a ajuda da mousse Eu Amo Charming. Já para o penteado, comece com um rabo de cavalo como base, e a pomada Charming nas mãos durante toda a execução ajuda a eliminar o frizz. Em seguida, divida o rabo de cavalo em cinco mechas e, com a ajuda de um enchimento de coque, torça e prenda as mechas para criar o efeito imperial. Finalize alinhando todas as mechas com o spray Charming .

 

Coque Rainha 


As ondas e volumes vêm e vão a cada temporada, mas de alguma forma, sempre estão presentes em todos os tempos, porque há quem ame penteados expressivos. Para conseguir este volume, é fundamental a utilização de mousse Charming. Para ajudar a criar volume desde a raiz durante a escova, utilize um modelador de 25mm para criar as ondas desejadas. Durante o penteado, certifique-se de que as mãos estejam lubrificadas com óleo de coco Salon Opus. Todas as mechas devem ser penteadas com os dedos, direcionadas para trás e presas com grampos grandes. O spray Charming é essencial para criar um alinhamento perfeito e duradouro. Para finalizar, um jato de Spray de Brilho Eu Amo Charming dará um toque moderno e fresco ao penteado, proporcionando o acabamento perfeito para o visual de uma verdadeira rainha.


Rumo ao altar: cuidados antecipados com a pele é essencial para noivas

Dra. Marilia Acioli, dermatologista da clínica Áurea, explica quais os principais métodos para construir uma pele boa e saudável para o dia do casamento

 

Com a chegada do mês das noivas, a corrida pelos preparativos para o casamento está a todo vapor. No entanto, um aspecto muitas vezes negligenciado é a preparação da pele. Para garantir um visual deslumbrante no grande dia, especialistas recomendam cuidados específicos, tanto em casa quanto em consultórios especializados.

 

"A preparação antecipada é crucial", destaca a Dra. Marília Acioli, dermatologista da Clínica Áurea. "Começar os cuidados com a pele pelo menos três meses antes do casamento proporciona tempo suficiente para alcançar resultados de qualidade e garantir uma pele deslumbrante no dia da cerimônia."

 

Quem tem se preparado com antecedência é a empresária Ivana Fadul, que irá subir ao altar no próximo dia 24 de maio, quando também completará 50 anos. Para garantir que no casamento e no aniversário a pele esteja perfeita, mantém rotineiramente a skincare em dia e, além de se certificar de usar o protetor solar, evita exposição ao sol para evitar manchas na pele.

 

“Comecei um ano antes e pedi à Dra. Rebeka Sobral que elaborasse um planejamento para que eu pudesse estar com a pele linda para o dia do casamento. Além do cuidado em casa, foi feito um trabalho para melhorar a qualidade da pele e a flacidez, associando tecnologias e  injetáveis. Fiz bioestimulador de colágeno, fios de PDO para a papada, ultrassom microfocado, rádio frequência”, relata.

 

Segundo dados atualizados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, mais de 70% das noivas buscam tratamentos dermatológicos antes do casamento para melhorar a aparência da pele. No entanto, não basta seguir 'receitas milagrosas' sem orientação. Dra. Marília enfatiza a importância de ajustar a rotina de skincare de acordo com as necessidades individuais de cada noiva, utilizando produtos adequados e benéficos para a pele.

 

Além disso, é fundamental estabelecer prioridades de embelezamento. Identificar áreas do rosto que podem ser aprimoradas, como lábios, queixo ou sobrancelhas, pode fazer toda a diferença para alcançar a melhor versão de si mesma.

 

O uso estratégico de ácido hialurônico é um toque final frequentemente considerado pelas noivas. "Esse procedimento proporciona melhorias sutis, como realce das bochechas e dos lábios, e pode ser realizado até um mês antes do casamento, oferecendo resultados rápidos e previsíveis", explica Dra. Marília.

 

Em resumo, a preparação da pele para o casamento requer planejamento, cuidados personalizados e, às vezes, tratamentos especiais. Ao adotar uma abordagem holística para o cuidado da pele, as noivas podem garantir que estarão deslumbrantes no dia mais importante de suas vidas.

 

Dra. Marília ressalta ainda a importância de cuidados adicionais, como a proteção solar. "Evitar o excesso de exposição ao sol é fundamental para evitar surpresas desagradáveis no dia do casamento", alerta a especialista.

 

A dermatologista destaca ainda a relevância de uma alimentação equilibrada. "Embora não seja essencial mudar drasticamente os hábitos alimentares, é importante manter uma dieta saudável, principalmente antes do casamento", orienta.

 

Com todos esses cuidados em mente, as noivas podem garantir que estarão radiantes e confiantes no momento mais especial de suas vidas, contando com a expertise e tratamentos de alta qualidade.

 

Maquiagem do ascendente? A nova trend viral no universo da beleza

Especialistas explicam a nova tendência e dão passo a passo de como ressaltar a beleza de acordo com o zodíaco


Constantemente novas técnicas e tendências de beleza surgem nas redes sociais. Desta vez, a moda, de acordo com os usuários de a rede TikTok, é unir o zodíaco às produções e rotina de beleza, seguindo as características dos ascendentes. 

“O ascendente é a maneira que nos expressamos no mundo, nosso estilo e jeito de ser. Está relacionado com a construção da nossa singularidade. Quando entendemos e vivenciamos as características do nosso ascendente, nos sentimos mais seguros e apropriados de nós mesmos.”, destaca a astróloga Diana Ferreira. 

Na astrologia, os signos podem revelar características sobre a personalidade das pessoas, como qualidades, defeitos, preferências românticas, estilo de vida, destacar conselhos e previsões e até mesmo formas de expressão social. 

Para ajudar a entender os ascendentes e como aproveitar na rotina de beleza, Diana Ferreira se uniu ao expert da rede Walter´s Coiffeur, Magno Assunção para compartilhar dicas e passo a passo.

 

Ascendente em Áries

São pessoas que, desde pequenas, gostam de fazer as coisas da sua maneira. Tendem a ser impacientes e impulsivas. São intensas, com espírito guerreiro e de liderança.

“Para abordar essa intensividade, uma dica é apostar nos olhos e boca marcada, com delineado em evidência e boca em tom de vermelho.”, destaca Magno.

 

Ascendente em Touro

São pessoas pacientes e perseverantes. “Em geral, para conseguirem o que querem, tendem a agradar ao outro ao invés de impor uma opinião. São sensíveis aos cheiros, toques e sensações físicas, e costumam se identificar muito com as coisas que possuem - inclusive, geralmente esses objetos são ‘a sua cara’”, adiciona Diana.

No espectro da beleza, o ascendente em touro deve optar por pele mais natural, o contorno e a sombra nos olhos devem ter tons parecidos, sempre puxando para o terroso, com toques rosados que transmitem a feminilidade e o romantismo que o signo carrega.

 

Ascendente em Gêmeos

Desde pequenas, são pessoas curiosas e interessadas nas coisas que acontecem à sua volta. São dinâmicas, comunicativas e adaptáveis. Precisam sempre de novos estímulos e novidades.

Gêmeos é um signo “antenado” e pode ser jogar em maquiagens que afloram esse aspecto, abordando novidades e tendências nas produções, mas não tão exótico. Um exemplo são os delineados gráficos e até mesmo coloridos.

 

Ascendente em Câncer

São pessoas sensíveis e mais introspectivas. Num primeiro contato, não se abrem com facilidade. Irão agir a partir do que sentem. Tendem a ser sonhadoras e fantasiosas.

Uma boa pedida para pessoas com ascendente em câncer é a pele bem iluminada, bochechas marcadas com blush, dando um ar de saúde, e olhos com sombras cintilantes, sejam elas nos tons de champagne, douradas ou rosadas.

 

Ascendente em Leão

Desde pequenas, querem estar no centro da atenção. Dotadas de uma personalidade marcante e um magnetismo natural, não passam despercebidas nos locais que frequentam. São criativas e intensas, com paixão e entusiasmo pela vida.

Para as com ascendente em leão, nada melhor que se jogar no brilho e em uma maquiagem que chame atenção. “Uma pele bem trabalhada, contornos marcados, olhos com brilhos e até um delineado preto”.

 

Ascendente em Virgem

São pessoas com personalidade analítica e atentas aos detalhes. Tendem a gostar do simples que funciona. São céticas e tendem a acreditar apenas no que pode ser provado. Extremamente prestativas. “Inclusive, na aparência, não são pessoas que se arrumam de maneira “chamativa” e na maquiagem vão preferir algo mais natural.”, comenta Diana.

A maquiagem carrega em ar discreto e natural, com a pele mais glowy e leve, as sobrancelhas arrumadas e lábios iluminados com gloss.

 

Ascendente em Libra

São pessoas que se descobrem muito no encontro com o outro; na qualidade das trocas e das suas relações. São pacificadoras e diplomáticas. São pessoas que gostam de se arrumar; de se sentirem bonitas.

Na maquiagem, apostam em um ar romântico e sóbrio, sem se destoar dos outros. De acordo com Magno, “A dica é usar tons de rosados, tanto nos olhos quanto no blush, trazendo o ar feminino e romântico. “

 

Ascendente em Escorpião

São pessoas mais introspectivas e observadoras. “Tendem a ser mais reservadas e costumam mergulhar dentro de si mesmas, cutucando feridas em busca de autocura. Por estarem sempre em busca de transformação, isso pode acabar se refletindo também em mudanças grandes na aparência.”, afirma Diana.

Uma maquiagem Intensa e misteriosa reflete o espírito escorpião. Tons escuros como bordô, marrons e preto, com um olho esfumado e lábios marcantes.

 

Ascendente em Sagitário

São pessoas alegres, otimistas, expansivas e obstinadas. Para essas pessoas, é muito importante sentir que há um propósito por trás do que fazem e que estão sempre melhorando e evoluindo.

Tons vibrantes com uma paleta de cores ousada expressam o otimismo e alegria dos sagitarianos. Que tal experimentar e explorar novas tendências usando essa abordagem despreocupada e aventureira?

 

Ascendente em Capricórnio

Quando crianças, podem parecer “adultas” e mais maduras que as demais. Também podem parecer mais sérias. São pessoas responsáveis e marcadas pela competência em tudo que fazem.

A maquiagem clássica e prática traduz a alma dos com ascendente em capricórnio. Tons sóbrios e tradicionais, com pele e contornos que enfatiza a estrutura e beleza dos traços e boca em tons de nude.

 

Ascendente em Aquário

Essas pessoas percebem sua singularidade quando se veem parte de um grupo ou do coletivo. É nessa relação que conseguem perceber suas diferenças e particularidades. “São pessoas naturalmente questionadoras, criativas e inovadoras, com uma personalidade considerada ‘excêntrica’ - fora do usual.”, sinaliza Diana.

Na aparência, tendem a trazer algo inusitado, fora do ‘comum’. “Uma boa dica é aproveitar para explorar as maquiagens inusitadas nos olhos, com delineados gráficos, cores diferentes, e até mesmo as holográficas e neons.”

 

Ascendente em Peixes

São pessoas extremamente sensíveis e empáticas com a dor do outro. Intuitivas e artísticas. “Peixes, como o último signo do Zodíaco, representa a conexão com o todo e o amor universal. São pessoas que tendem a buscar a paz e o sossego, tendo uma repulsa a rotinas frenéticas e aceleradas.”.

Para trazer uma leveza, aposte na pele bem iluminada, cílios marcados com uma boa máscara e um gloss labial brilhante para completar a sensibilidade dos ascendentes em peixe.


Mês das noivas: dermatologista explica como deve ser feita a preparação da pele para o dia do sim

Dra. Marilia Acioli, dermatologista da clínica Áurea, explica quais os principais métodos para construir uma pele boa e saudável para o dia do casamento

 

Com a chegada do mês das noivas, a corrida pelos preparativos para o casamento está a todo vapor. No entanto, um aspecto muitas vezes negligenciado é a preparação da pele. Para garantir um visual deslumbrante no grande dia, especialistas recomendam cuidados específicos, tanto em casa quanto em consultórios especializados.

 

"A preparação antecipada é crucial", destaca a Dra. Marília Acioli, dermatologista da Clínica Áurea. "Começar os cuidados com a pele pelo menos três meses antes do casamento proporciona tempo suficiente para alcançar resultados de qualidade e garantir uma pele deslumbrante no dia da cerimônia."

Segundo dados atualizados da Sociedade Brasileira de Dermatologia, mais de 70% das noivas buscam tratamentos dermatológicos antes do casamento para melhorar a aparência da pele. No entanto, não basta seguir 'receitas milagrosas' sem orientação. Dra. Marília enfatiza a importância de ajustar a rotina de skincare de acordo com as necessidades individuais de cada noiva, utilizando produtos adequados e benéficos para a pele.

Além disso, é fundamental estabelecer prioridades de embelezamento. Identificar áreas do rosto que podem ser aprimoradas, como lábios, queixo ou sobrancelhas, pode fazer toda a diferença para alcançar a melhor versão de si mesma.

O uso estratégico de ácido hialurônico é um toque final frequentemente considerado pelas noivas. "Esse procedimento proporciona melhorias sutis, como realce das bochechas e dos lábios, e pode ser realizado até um mês antes do casamento, oferecendo resultados rápidos e previsíveis", explica Dra. Marília.

Em resumo, a preparação da pele para o casamento requer planejamento, cuidados personalizados e, às vezes, tratamentos especiais. Ao adotar uma abordagem holística para o cuidado da pele, as noivas podem garantir que estarão deslumbrantes no dia mais importante de suas vidas.

Dra. Marília ressalta ainda a importância de cuidados adicionais, como a proteção solar. "Evitar o excesso de exposição ao sol é fundamental para evitar surpresas desagradáveis no dia do casamento", alerta a especialista.

A dermatologista destaca ainda a relevância de uma alimentação equilibrada. "Embora não seja essencial mudar drasticamente os hábitos alimentares, é importante manter uma dieta saudável, principalmente antes do casamento", orienta.

Com todos esses cuidados em mente, as noivas podem garantir que estarão radiantes e confiantes no momento mais especial de suas vidas, contando com a expertise e tratamentos de alta qualidade.


Advogado orienta o que paciente deve fazer para evitar erros em procedimentos estéticos

Freepik
Aposentada teve o rosto deformado após aplicação de PMMA por dentista


Na última década, houve uma massificação na procura por procedimentos estéticos, impulsionada por uma variedade de motivos que vão desde a influência das redes sociais até a busca pelo bem-estar e melhoria da qualidade de vida. 

Em meio a esse cenário, a Anvisa, (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), autorizou que profissionais de diversas áreas, incluindo dentistas, realizassem intervenções estéticas não evasivas como botox, preenchimento facial, lifting orofacial, uso de biomateriais indutores percutâneos de colágeno, entre outros. Embora essa decisão tenha tornado os tratamentos mais acessíveis, também levantou sérias preocupações quanto à segurança e à qualidade dos resultados.

Para Francisco Gomes Júnior, advogado especializado em Direito Digital e presidente da Associação de Defesa de Dados Pessoais e do Consumidor (ADDP), com o crescente número de profissionais não cirurgiões plásticos realizando procedimentos estéticos, é inevitável que haja uma variação na qualidade dos resultados obtidos.

O especialista enfatiza a importância de os pacientes realizarem uma pesquisa minuciosa do profissional antes de se submeterem a qualquer procedimento estético e recomenda que a pessoa verifique os resultados e complicações relatadas por outros pacientes.

"É fundamental que os pacientes façam uma pesquisa abrangente sobre o profissional escolhido e que esteja plenamente informado sobre os riscos envolvidos no procedimento  estético", ressalta Gomes Júnior.

O caso recente da aposentada de 67 anos, cujo rosto sofreu deformações após procedimentos estéticos envolvendo a aplicação de PMMA  (preenchimento com polimetil metacrilato, também conhecido como metacril), realizado por um dentista, tem gerado intensa repercussão e alimentado discussões acerca do tema.

Rita Castro de Araújo procurou o dentista José Augusto Toledo Patay em busca de uma avaliação facial para melhorar a harmonização de seu rosto. Segundo relatos, o dentista teria sugerido a inserção de fio russo para amenizar o "bigode chinês" e melhorar a aparência do nariz. Entretanto, após três meses da harmonização, aproximadamente 40 nódulos surgiram no rosto da aposentada. Após tratamento com corticóides sem apresentar melhorias, ela buscou opinião de três outros médicos, que apontaram os nódulos como consequência do PMMA aplicado.

Para o especialista, neste caso específico, o suposto erro cometido pelo dentista, resultando em danos substanciais para a paciente, requerirá comprovação por meio de provas documentais, testemunhais e, especialmente, por meio de perícia médica, a qual é capaz de verificar se houve imprudência, imperícia ou negligência por parte do profissional.

“Independentemente disso, é cabível ação para reparação de danos morais e materiais, incluindo danos estéticos, com pedido de indenização. As evidências disponíveis serão apresentadas no tribunal pelas partes envolvidas, sendo competência do juiz do processo determinar a responsabilidade do profissional em questão”, conclui o advogado.

Uso do PMMA

O uso do PMMA no Brasil é autorizado pela Anvisa, que o classifica como classe IV (máximo risco). Segundo o órgão, o produto só está autorizado para as seguintes aplicações:

  • Correção de lipodistrofia (alteração no organismo que leva à concentração de gordura em algumas partes do corpo) provocada pelo uso de antirretrovirais em pacientes com síndrome da imunodeficiência adquirida (Aids);
  • Correção volumétrica facial e corporal, que é uma forma de tratar alterações, como irregularidades e depressões no corpo, fazendo o preenchimento em áreas afetadas por meio de bioplastia.

"A Anvisa também esclarece que o produto não é contraindicado para aplicação nos glúteos para fins corretivos. Porém, não há indicação para aumento de volume, seja corporal ou facial. Cabe ao profissional médico responsável avaliar a aplicação de acordo com a correção a ser realizada e as orientações técnicas de uso do produto", explica o órgão em seu site.

 

Francisco Gomes Júnior - Advogado Especialista em Direito Digital. Presidente da Associação de Defesa de Dados Pessoais e do Consumidor (ADDP). Autor da obra “Justiça sem Limites”. Instagram: @franciscogomesadv - @ogf_advogados



Por que as cicatrizes são motivo de preocupação nas cirurgias plásticas?

Cicatrizes praticamente imperceptíveis aos olhos são 'objetos de desejo' de pacientes e cirurgiões plásticos, que hoje dispõem de recursos aprimorados para resultados cada vez melhores


As cicatrizes preocupam a maioria dos pacientes que pretendem se submeter a uma cirurgia plástica. Com função estética ou reparadora, todos os procedimentos cirúrgicos deixam marcas na pele. No entanto, hoje em dia, a evolução dos instrumentos e o aprimoramento técnico permitem a realização de incisões de alta precisão e, sempre que possível, menores e minimamente invasivas. “Para chegar ao resultado de uma cicatriz praticamente imperceptível, o especialista dispõe de muitos recursos. Mas os cuidados tomados pelo paciente no pós-operatório são fundamentais no processo de cicatrização”, afirma o cirurgião plástico Juliano Pereira.

Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, Pereira destaca que uma cicatriz suave, sem saliência e com coloração semelhante à pele do local da cirurgia se condiciona a vários fatores. “O instrumental, a técnica e os materiais para as incisões e as suturas devem ser cuidadosamente observados pelo profissional. Entre outros critérios, também há o posicionamento adequado das cicatrizes, que devem estar em áreas menos visíveis do corpo e que apresentem menor tensão da pele.”

Os procedimentos pré-operatórios em cirurgia plástica não se limitam a exames, preparações, dietas e demais providências. “A cicatrização no organismo de cada paciente deriva de hereditariedade, de características da pele, que contemplam estágio de envelhecimento, elasticidade e produção de colágeno”, afirma Pereira. “Estas e outras particularidades podem determinar a boa cicatrização e devem ser consideradas na condição geral de quem vai passar por uma cirurgia plástica”, completa.

O processo de cicatrização após uma cirurgia pode ser dividido em três etapas. A primeira fase é a inflamatória, caracterizada por dor, calor, rubor e edema no tecido que sofreu a incisão. A fase de proliferação vem a seguir. “Nesta etapa, em que a cicatriz assume um aspecto avermelhado, ocorre a regeneração da pele, com a proliferação dos fibroblastos e a reconstituição dos vasos sanguíneos e linfáticos”, diz. A última fase é a remodelação do tecido cicatricial formado na etapa anterior. “Neste momento, as fibras de colágeno proporcionam uma resistência maior e melhoram o aspecto da cicatriz.”

Há várias incisões e técnicas possíveis ao alcance do cirurgião plástico. Na mamoplastia, realizada para aumentar ou reduzir o volume das mamas, os tipos de incisões cirúrgicas consideram o volume da prótese de silicone a ser aplicada e as características físicas da paciente. Com a incisão periareolar, a cicatriz se localiza na transição entre a aréola e a pele da mama. A vertical, também conhecida como “T invertido”, é a que mais desperta preocupação entre as mulheres. “Mas mesmo com o corte em uma região mais visível da mama, a cicatrização evolui satisfatoriamente. Porém, não é incomum que haja um sofrimento na interseção das cicatrizes”, pondera Pereira. A opção mais discreta, segundo o especialista, é a incisão inframamária, que tem a finalidade de remover o excesso de pele e gordura no sentido vertical da mama. “A cicatriz, neste caso, se localiza em uma região de menor tensão.”

A lipoaspiração também deixa cicatrizes. Para realizar o procedimento, o cirurgião introduz por minúsculas incisões no abdômen uma cânula para aspirar a gordura em excesso. “As marcas no pós-cirúrgico, neste caso, são extremamente pequenas, muito discretas e se localizam abaixo da linha do biquíni, no sulco mamário, no umbigo e em outras áreas pouco visíveis”, diz.

Na abdominoplastia, quanto menor a retirada de pele e gordura, menor a extensão da cicatriz. Além disso, as marcas podem ser cobertas pela roupa íntima ou pelo biquíni. “Em pacientes que apresentem muita flacidez e excesso de pele, principalmente nos casos em que houve grande perda de peso, como em pacientes pós-bariátricos, é indicada a abdominoplastia em âncora. Neste caso, as cicatrizes no abdômen são mais evidentes”, ressalva o cirurgião.

Outra preocupação recorrente por parte das pessoas que vão se submeter à cirurgia plástica é a possibilidade do aparecimento de queloides. De acordo com Pereira, nem toda cicatriz hipertrófica, que costuma ser grossa, elevada e às vezes avermelhada, é um queloide. “Os queloides têm outras características. São cicatrizes grossas que extrapolam os limites de um corte ou de uma ferida e podem provocar coceira e até mesmo dor”, explica.

Os cuidados que competem ao paciente no pós-operatório exigem não expor a cicatriz recente ou avermelhada ao sol. A aplicação de protetor solar é indispensável na região. O uso de fitas de compressão de silicone após a retirada dos pontos também é desejável. “Em alguns casos, para melhoria da qualidade da cicatriz, são recomendados peeling, microagulhamento, entre outros procedimentos prescritos sempre pelo cirurgião plástico”, reforça.

Uma cicatriz quase invisível aos olhos, segundo Juliano Pereira, é o ideal almejado por pacientes e também pelo cirurgião plástico. Porém, nem sempre isso é possível. Muitas vezes, como dito anteriormente, as cicatrizes dependem de genética, etnia, hábitos alimentares e de vida, como o não tabagismo. “Quando há excesso de pele, tanto na mama quanto no abdômen, e também em outras áreas do corpo, as cicatrizes precisam ser um pouco mais extensas”, observa. “No entanto, vale ressaltar que o cirurgião plástico deseja fazer a menor cicatriz possível no paciente”, conclui.


Desvendando mitos e verdades sobre tratamentos capilares masculinos: da queda de cabelo ao transplante capilar

 O mercado de beleza está cada vez mais preparado para atender esse público, levando soluções e atendimento personalizado


O universo dos tratamentos capilares é vasto e muitas vezes rodeados por mitos e verdades que podem confundir até mesmo os mais informados sobre o assunto. E quando falamos em opções para os homens, o tema ainda pode ser tratado como um tabu. Porém, cada vez mais nós acompanhamos o aumento de adeptos ao autocuidado. “Temos diversas técnicas que ajudam não só a combater a queda de cabelo, mas também oferecem uma série de benefícios significativos para os homens que passam por esse desafio. Entre eles estão o estímulo para o crescimento de novos fios, melhora na densidade capilar e a resistência deles. O ideal é buscar por um profissional qualificado para que ele avalie e indique o melhor tratamento”, comenta Maria Carolina Nassif, tricologista e especialista em transplante capilar da Homenz, preparou alguns destaques dos principais mitos e verdades em torno do tema, veja:

Abordagem multifacetada é mais eficiente no tratamento da queda de cabelo. Verdade! Quando a técnica é associada com uso de medicamentos, terapias a laser e ajustes no estilo de vida, como investir na reeducação alimentar, controle no manejo do estresse, os resultados podem ser mais rápidos e duradouros.

A calvície é exclusivamente hereditária. Mito! Embora a predisposição genética desempenhe um papel significativo, outros fatores, como estresse, dieta desequilibrada e condições médicas, também podem contribuir para a queda de cabelo.

Shampoos especiais não resolvem a queda de cabelo. Verdade! “Esses produtos específicos podem fortalecer os fios e melhorar a saúde do couro cabeludo, mas raramente são eficazes sozinhos no tratamento da calvície avançada. Para casos mais graves, é necessário recorrer a tratamentos mais avançados”, comenta a especialista.

O transplante capilar é uma solução definitiva para a calvície. Mito! Ele pode oferecer resultados duradouros para muitos pacientes, mas não é uma garantia de que os fios não caiam no futuro. A manutenção e cuidados contínuos são necessários para preservar os resultados ao longo do tempo.

Transplante capilar é um procedimento doloroso e invasivo. Mito! Com os avanços da tecnologia, os procedimentos capilares tornaram-se muito mais confortáveis e menos invasivos. A maioria dos pacientes sente apenas um leve desconforto durante o processo, com recuperação rápida.

Não há tratamento eficaz para a calvície masculina. Mito! Existem várias técnicas para resolver essa questão, incluindo medicamentos, terapias a laser e o transplante capilar. A eficácia de cada opção pode variar de acordo com o paciente e o estágio da calvície.

“Ao desmistificar alguns dos mitos mais comuns sobre os procedimentos capilares, esperamos oferecer uma visão mais clara e informada para aqueles que estão em busca de soluções eficazes para fortalecimento do fio e para a calvície”, finaliza Maria Carolina.

 

Homenz - rede de clínicas especializada em saúde e estética masculina, que tem como carro-chefe os serviços de tratamento e transplante capilar e depilação a LED.


A Idade para Fazer Rinoplastia: O Que Você Precisa Saber

A rinoplastia é um procedimento estético que visa melhorar tanto a aparência quanto a função nasal. Muitas pessoas buscam essa cirurgia para corrigir imperfeições no formato do nariz, como desvios, assimetrias ou alterações indesejadas. No entanto, uma dúvida comum é: qual é a idade ideal para fazer rinoplastia?

Primeiro, é importante entender que a rinoplastia remodela a estrutura nasal, tanto óssea quanto cartilaginosa. Esse procedimento é procurado por muitas pessoas para melhorar queixas estéticas do nariz e para aqueles que possuem dificuldade na respiração. A cirurgia pode tornar o nariz mais harmônico e ajudar a resolver problemas nasais. Ela pode ser indicada para diferentes finalidades, incluindo questões estéticas, funcionais e reparadoras. Seja para melhorar a harmonia facial, corrigir problemas respiratórios ou reparar deformidades causadas por traumas ou condições médicas, a rinoplastia pode oferecer benefícios significativos para pacientes de todas as idades.

O Dr. Guilherme Scheibel, renomado otorrinolaringologista especialista em rinoplastia, esclarece que não existe uma idade única e fixa para todos os pacientes, mas deve considerar as características individuais de cada pessoa. Segundo ele:

"É crucial lembrar que o desenvolvimento facial varia. Para mulheres, a faixa etária que se inicia o desenvolvimento geralmente começa por volta dos 13 aos 14 anos. Já para os homens, ocorre mais tarde, entre os 16 e 17 anos."

O Dr. Scheibel enfatiza que a confirmação de que o paciente parou de crescer é essencial antes de realizar a cirurgia. Isso é feito por meio de radiografias da pelve, que são as melhores para avaliar o fechamento dos pontos de crescimento. No entanto, existem exceções importantes a essas regras gerais:

"Em alguns casos, crianças e adolescentes podem se beneficiar de uma intervenção cirúrgica mais precoce. Por exemplo, quando há um desvio significativo na pirâmide nasal ou no septo nasal, que afeta a estética e a função respiratória."

Além disso, a maturidade emocional do paciente é um fator importante a ser considerado. A decisão de realizar uma cirurgia estética como a rinoplastia deve ser tomada de forma consciente e madura, levando em conta as expectativas realistas sobre os resultados e os possíveis riscos envolvidos no procedimento.

Os pais ou responsáveis legais devem estar envolvidos no processo decisório e consentir com a cirurgia se o paciente for menor de idade. É necessário realizar uma avaliação cuidadosa, considerando não apenas a idade do paciente, mas também outros fatores físicos e emocionais antes de recomendar ou realizar a rinoplastia.

"Além da idade e das considerações físicas, avaliamos o bem-estar emocional e psicológico do paciente. A decisão de fazer uma rinoplastia deve ser ponderada e acompanhada por profissionais qualificados." comenta Dr. Scheibel.

Como otorrinolaringologista especializado em rinoplastia, o Dr. Scheibel compartilha suas técnicas e precisão de resultados com mais de meio milhão de seguidores no Instagram.

“Diariamente, recebo várias dúvidas nas redes sociais de pessoas do Brasil e do mundo. Tento deixar o conteúdo o mais educativo possível, pois sei que muitos procuram minhas redes para esclarecer suas dúvidas. Além disso, sou o fundador do Virtual Fellow, um programa internacional de ensino em rinoplastia.” – Dr. Guilherme Scheibel

Não há uma idade certa para a rinoplastia, mas sim uma avaliação individualizada. Cada paciente é único, e a medicina e a rinoplastia são personalizadas, considerando o desenvolvimento individual. Se você está considerando esse procedimento, consulte um especialista para obter orientações específicas e alcançar o nariz que sempre desejou.

 

Camila Ferreira


Mudanças hormonais durante a gravidez podem afetar a saúde do cabelo; saiba como proteger e fortalecer os fios

Cuidados com finalização, hidratação e produtos químicos são essenciais nesse período

 

Cuidar do cabelo durante a gestação é fundamental para manter a saúde dos fios e prevenir problemas relacionados à queda ou quebra. Durante esse período, o corpo passa por diversas mudanças hormonais que podem alterar a saúde dos fios. Além disso, as gestantes precisam estar atentas a procedimentos e substâncias que devem ser evitados na gravidez.

 

Segundo a dermatologista Thais Pepe, as alterações hormonais durante a gravidez modificam o ciclo de crescimento do cabelo. Embora essa fase possa reduzir a oleosidade do couro cabeludo, devido à presença de estrogênio e progesterona no sangue, é importante assegurar que os fios continuem saudáveis por meio de cuidados específicos para gestantes.

 

Atenção com fontes de calor 

 

O excesso de calor pode danificar os fios, tornando-os mais frágeis. Durante a gravidez, os cabelos geralmente tendem a ficar mais secos, então o uso de equipamentos como secador, chapinha e modeladores térmicos pode prejudicar ainda mais os fios.

 

Faça hidratação regularmente

 

Manter a hidratação do cabelo durante a gravidez é essencial para que os fios continuem fortes e saudáveis. Para melhores resultados, é recomendável usar máscaras de tratamento específicas para cada tipo de cabelo, realizando a hidratação aproximadamente uma vez por semana.

 

Estimule o crescimento

 

Durante a gravidez, o corpo passa por mudanças para garantir a saúde do bebê, tornando essencial estimular o couro cabeludo para manter os fios saudáveis e promover o crescimento do cabelo. Para isso, é aconselhável realizar uma massagem diária com a ponta dos dedos por toda a cabeça. Esse procedimento ajuda a estimular a circulação sanguínea e fortalecer os folículos capilares.

 

Atenção para os procedimentos com química

 

Alguns procedimentos são contraindicados durante a gestação, devido a presença de substâncias químicas nocivas. Essas substâncias estão presentes principalmente em produtos de alisamentos químicos, progressivas, técnicas para cachos permanentes e coloração. Especialistas recomendam evitar produtos que contenham amônia, cânfora, ácido retinoico, benzeno, iodo, ureia, chumbo e outros metais pesados.

 

Como alternativa, é aconselhável buscar produtos sem essas substâncias ou desenvolvidos especialmente para gestantes. Uma opção é utilizar cosméticos com substâncias naturais como óleo de coco, manteiga de karité e óleos vegetais. Além disso, para o uso diário, recomenda-se escolher um shampoo e condicionador sem sulfato.

 

Para realizar qualquer tipo de procedimento que envolva o uso de tintura, como coloração, reflexos ou mechas, é importante consultar o obstetra responsável pelo acompanhamento da gravidez.

 

Cuidado com a saúde do corpo

 

Vale destacar que a saúde do cabelo e da pele é um reflexo da condição geral do corpo. Durante a gravidez, é essencial manter-se hidratada e consumir alimentos adequados. Além disso, é importante conversar com o médico obstetra para se informar sobre a necessidade de repor vitaminas, que, quando deficientes, podem causar queda e ressecamento dos cabelos nesse período.



Bulking e cutting: as diferenças entre as dietas e entenda como funcionam

O “bulking” é um termo derivado do inglês “bulk“, que significa “volume” ou “massa” e faz menção ao processo de ganho de massa muscular através da alimentação por excedente calórico controlado e um programa de treinamento específico. Já o “cutting” é o processo contrário, de redução do peso, especialmente de gordura corporal também feito através da alimentação. O termo é derivado do inglês “cut“, que significa “cortar“ e durante a fase de ‘cutting’, o foco está em reduzir o percentual de gordura corporal, mantendo a massa muscular conquistada durante o ‘bulking'”. 

A médica nutróloga Dra. Ana Luisa Vilela, especialista em emagrecimento da capital paulista, explica que apesar dessas estratégias serem mais comuns em atletas, estão sendo cada vez mais utilizadas e benéficas para praticantes de exercícios físicos em geral, uma vez que elas ajustam a composição corporal de acordo com seus objetivos específicos - seja ganho de massa muscular ou redução de gordura. 

No bulking há um superávit calórico no qual o paciente ingere mais calorias do que são gastas durante o dia para promover o ganho de massa muscular. Além disso, apesar do consumo de proteína ser peça fundamental é preciso ainda haver a ingestão de outros nutrientes importantes para o processo, como carboidratos complexos, gorduras boas, fibras, vitaminas e minerais e intensificar o treino de força com progressão de carga para estimular a hipertrofia muscular. 

No cutting o foco é a perda de gordura e a manutenção da massa muscular, para isso é preciso reduzir a quantidade de calorias ingeridas na alimentação para que seja consumida menos energia do que é gasto ao longo do dia, manter os treinos para preservar a massa muscular. 

“Seja qual for o objetivo de quem adere a qualquer uma das estratégias, é preciso que sejam feitas de maneira personalizada e acompanhada”, finaliza a médica.
  

FONTE: Dra. Ana Luisa Vilela -Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Itajubá – MG, especialista pelo Instituto Garrido de Obesidade e Gastroenterologia (Beneficência Portuguesa de São Paulo) e pós graduada em Nutrição Médica pelo Instituto GANEP de Nutrição Humana também na Beneficência Portuguesa de São Paulo e estágio concluído pelo Hospital das Clinicas de São Paulo – HCFMUSP. Atualmente, dedica-se à frente da sua clínica especializada em emagrecimento, para melhorar a autoestima de seus pacientes com sobrepeso com tratamentos personalizados que aliam beleza e saúde.

Draanaluisavilela

Homens e tratamentos estéticos: Conheça os três procedimentos mais procurados pelo público masculino

Freepik
Dra. Karina Barrelo, CEO da Clínica Barrelo, comenta sobre o aumento do público masculino na busca por procedimentos estéticos e lista alguns dos mais procurados


A procura por procedimentos estéticos tem crescido cada vez mais, mas engane-se quem pensa que somente as mulheres buscam cuidar da beleza e elevar a autoestima. “Os homens estão cada vez mais vaidosos e preocupados com os efeitos do envelhecimento na pele e, além disso, buscam por procedimentos que tragam um aspecto mais natural à sua aparência”, comenta Dra. Karina Barrelo, CEO da Clínica Barrelo, maior clínica de harmonização facial do Morumbi, bairro nobre de São Paulo. 

O crescimento da busca dos procedimentos por esse público se dá devido ao fator da idade e melhora da autoestima. Além disso, de todas as intervenções estéticas que os homens buscam, as mais procuradas são as realizadas na região facial. “A preocupação dos homens com a aparência demonstra uma maior aceitação sobre assuntos que antes eram considerados tabus ou exclusivos do universo feminino. Com isso, observamos mudanças nos padrões de comportamento desse segmento e na relação entre homens e marcas”, ressalta a especialista. 

Pensando na alta procura pelos tratamentos estéticos, Dra. Karina destacou alguns dos principais procedimentos que estão bombando no universo masculino. Confira, a seguir:


1. Botox

De acordo com a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o botox é o procedimento estético mais realizado no mundo. Esse procedimento é conhecido por ajudar a pele a não se contrair, fazendo com que os vincos e rugas desapareçam. “O botox serve para prevenir que as linhas de expressão de movimento se tornem rugas estáticas” , comprova Dra. Karina. A substância ajuda a suavizar e/ou prevenir as rugas de expressão, relaxando os músculos e, também pode ajudar a suavizar as rugas da testa, levantar a comissura labial, arquear as sobrancelhas, melhorar sorrisos gengivais e deixar a ponta do nariz arrebitada.

 

2. Preenchimento de Mandíbula

O procedimento é realizado com ácido hialurônico para destacar melhor os contornos da face e trazer mais harmonia para o rosto. Com o passar dos anos, a pele vai perdendo volume e sustentação, mas com o poder do ácido, a pele recupera seu volume e também estimula a produção de colágeno, deixando o rosto mais hidratado e com brilho. “Os casos de assimetria facial são os mais desafiadores. Com a aplicação do ácido hialurônico no preenchimento da mandíbula, nós conseguimos deixar o rosto mais marcado, harmônico e simétrico e muitas vezes é o que o público masculino está procurando”, completa a Dra.

 

3. Fios Aptos

Segundo a Dra. Karina, o procedimento proporciona um efeito lifting não cirúrgico, reconduzindo os tecidos faciais que perderam a elasticidade devido à ação do tempo, elevando e tracionando os tecidos, sustentando-os no lugar. “Por isso já está sendo procurado pelos homens! É um tratamento novo que chegou recentemente no Brasil e tem feito sucesso entre o público masculino”, reforça. Os fios aptos consistem em fios de sustentação e/ou tração que ao serem implantados no rosto proporcionam uma pele mais tonificada e, por ajudar na produção de colágeno, ele também oferece mais firmeza à pele.


Posts mais acessados