Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de abril de 2018

Nada de frescura: enjoo na estrada está relacionado a reflexo do organismo


O balanço e as curvas das estradas são a combinação perfeita para desencadear enjoos em algumas pessoas. O mal estar sentido, que interrompe qualquer viagem tranquila, não é frescura. De acordo com o neurologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Tiago Sowmy, esse incômodo tem relação com as funções cerebrais.

A resposta dada pelo corpo ocorre devido a um conflito de informações no cérebro, que não compreende os estímulos provenientes de diferentes sistemas do organismo. Segundo o médico, isso ocorre principalmente com quem está no banco do passageiro.

"O que acontece é que há um conflito entre o sistema vestibular, responsável pelo equilíbrio, o sistema visual e o sistema sensorial, pois se tem a impressão visual do movimento do carro, a sensação de repouso em relação ao carro, mas o labirinto recebe informações de movimento. Estas informações conflitantes geram os sintomas", explica.

Apesar do mal estar ser sentido no estômago, Sowmy desmitifica a relação da sensação com o órgão do sistema digestivo. "Esse reflexo independe do estômago. Ele ocorre no tronco encefálico, uma parte mais primitiva do cérebro. Esta região é estimulada por estar próxima aos sistemas de equilíbrio e sensorial. Quando um deles é sobrecarregado, ocorre o incômodo."

O problema, no entanto, pode ser atenuado ou extinto com o tempo. O neurologista esclarece que o corpo tem a capacidade de aprender a lidar com esse conflito de informação ocasionado durante as viagens de carro.

Além do aprendizado natural, há também tratamentos que amenizam os sintomas. "Além dos remédios, o tratamento mais efetivo é a fisioterapia vestibular, que é direcionada para esse tipo de sintoma", explica o médico.




Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos
Rua Borges Lagoa, 1.450 - Vila Clementino, Zona Sul de São Paulo.
Tel. (11) 5080-4000
Site: www.hpev.com.br
Facebook: www.facebook.com/ComplexoHospitalarEV
Twitter: www.twitter.com/Hospital_EV
YouTube: www.youtube.com/user/HospitalEV


10 dicas para uma viagem segura ao exterior


Especialistas da Europ Assistance Brasil dão dicas para uma viagem mais tranquila, sem atropelos e surpresas desagradáveis

 

Com a leve queda no dólar em 2017, o número de brasileiros que viajam para o exterior voltou a crescer. De acordo com o Ministério do Turismo, em torno de 4,5% da população embarca para fora do País anualmente. Para que tudo corra bem, segurança e tranquilidade são fundamentais. Confira algumas dicas de especialistas da Europ Assistance Brasil.  

1 - Estude as cidades que pretende visitar, mesmo que tenha contratado uma agência de viagens.

2 - Pegue dicas com pessoas que já visitaram o local sobre a cultura do país e hábitos da população, comidas típicas, passeios, segurança etc.

3 - Tenha consigo o endereço e o telefone da embaixada /consulado mais próximo
4 - Antes de viajar, veja como realizar chamadas a cobrar para o Brasil.

5 - Leve uma mala de mão com uma troca de roupa por precaução em caso de extravio de bagagem, mas fique atento à quantidade e ao peso das bagagens permitidos pela companhia aérea, com quantidades permitidas de líquidos, e outras restrições, para não ter surpresas na hora do embarque.

6 - Deixe na carteira anotações úteis para casos de emergência, como o local onde você está hospedado, informações sobre sua seguradora e alguma particularidade de saúde. Sempre tenha o telefone da seguradora marcado em mais de um lugar.

7 - Lembre-se que cada seguro tem exclusões específicas. É muito importante ler atentamente toda a documentação recebida, e entrar em contato com a seguradora para esclarecer dúvidas;

8 - Se tiver alguma doença crônica, são necessários alguns cuidados especiais, como: levar a medicação de uso continuo  junto com uma receita no idioma local, justificando qual seria o medicamento e sua finalidade; verifique com seu médico se o país de destino utiliza os princípios ativos do medicamento, caso precise comprá-lo; e em caso de crise, ligue para a seguradora e  informe seu histórico, que uma  equipe responsável organizará o atendimento de acordo.

9 - Para maior segurança pessoal, devem-se tomar alguns cuidados extras, como ter uma cópia dos documentos separada dos originais e um valor de reserva em espécie, bem escondido, para eventualidades. É fundamental se informar sobre locais que devem ser evitados, especialmente à noite, ou em finais de semana. Às vezes um lugar muito movimentado durante os dias úteis pode se tornar um deserto nos finais de semana, colocando o turista em risco.

10 - Para os praticantes de esportes é fundamental verificar se o seguro contratado oferece as coberturas necessárias para a viagem: da mesma forma que alguns excluem essa cobertura, outros são feitos para atender exatamente a esse  tipo de atividade.

Passagens aéreas são mais baratas na segunda e mais caras no domingo, aponta pesquisa


Segundo levantamento da agência ViajaNet, a diferença de preço pode variar em cerca de 25% dependendo do dia escolhido para o embarque 


O preço de passagens aéreas pode variar em cerca de 25% de acordo com o dia da semana escolhido para viajar. De acordo com o levantamento da agência virtual ViajaNet, a segunda-feira tem o bilhete mais barato em trechos nacionais, enquanto que o domingo possui o tíquete mais caro.

A média geral de preços para viagens domésticas indica que a passagem aérea para embarque na segunda-feira é cerca de 15% mais barata em relação ao resto da semana. Por outro lado, o domingo tem um custo 25% maior em relação à segunda.

Em relação aos voos internacionais com saída do Brasil, o embarque de terça-feira tem o bilhete mais barato. O valor médio é cerca de 10% menor em relação aos preços do sábado, apontado como o mais caro da semana. Nos demais dias, quase não há variação na tarifa.

Para fazer o levantamento, o ViajaNet considerou a média de preços e o volume de passagens aéreas compradas para embarques nacionais e internacionais entre os dias 1º e 15 de março deste ano.

De acordo com o estudo, a quinta-feira é o dia da semana mais buscado pelos brasileiros para embarques nacionais, com 16% do total de compras, enquanto que o domingo tem a menor procura, com 11% dos bilhetes.

Para embarques internacionais, o dia preferido dos brasileiros é, de longe, o sábado, com 21% das viagens. Já a menor procura para viagens ao exterior também ficou com o domingo, com apenas 9%.  

“Neste levantamento, fica evidente, portanto, que o consumidor deve fazer uma boa pesquisa de preço, e com certa antecedência, antes de comprar uma passagem aérea”, ressalta Gustavo Mariotto, head of marketing do ViajaNet.






Posts mais acessados