Pesquisar Blog Jornal da Mulher

terça-feira, 9 de maio de 2017

Quando o amor de mãe transcende aos filhos




As mães do mundo melhor

A maternidade é um momento bastante especial na vida da mulher, fazendo com que suas virtudes fiquem ainda mais aguçadas. Esse cuidado com a prole desperta para a preocupação de “em que mundo os filhos viverão”. Assim, a busca por um mundo melhor torna-se constante, onde criar um meio mais favorável é tão importante quanto cuidar da educação e desenvolvimento dos filhos.

Aparentemente frágeis, muitas vezes delicadas, os traços suaves de uma mulher podem ofuscar a fortaleza que há nela. Basta lembrar que o amor – a maior das virtudes, e do qual derivam todas as outras – não tem expressão melhor do que a palavra mãe. E estas mães, tão doces ao acalentar seus filhos, são as mesmas que se munem da força inimaginável e coragem de uma leoa quando chamadas à proteção de seu lar.

O que emerge de uma necessidade de proteção aos seus, pode se expandir para uma consciência de que melhorar apenas dentro de casa será pouco. Surge daí uma vontade incontrolável de agir em prol de seu bairro, de sua cidade, de seu país, do mundo...

Foi justamente a maternidade o start para que Sandra Sahd, mãe da Gabi e do Lucas, fizesse mais do que apenas entender a necessidade dessa melhoria. Sempre envolvida com o próximo, essa consciência transcendeu a seus filhos, materializando-se na idealização e fundação da “Embaixadores da Prevenção”, instituição sem fins lucrativos cujo objetivo é “formar uma nova geração de pessoas que, por meio de escolhas e hábitos saudáveis, transforme o mundo em lugar melhor”.

Buscando focar não mais nos problemas, mas na solução, Sahd entende que o caminho para o mundo melhor vai de encontro à prática das virtudes, para as quais não há inversão. “A virtude é algo puro, sempre positivo. É a prática (não a teoria) dos nossos verdadeiros valores”, resume Sandra, que também é escritora e estará lançando seu novo livro, “Um Mundo Melhor é Inevitável Mesmo” no próximo dia 19 de maio às 19h – no Teatro Liceu, em Campinas – em prol da Embaixadores da Prevenção.

Instigar e inspirar, agir e motivar, unir e construir. É assim que se alcança o futuro. Construindo o coletivo. E pensar no coletivo faz parte da mulher. É (também) papel da mãe, que educa, embala, divide e não exclui.




Nenhum comentário:

Postar um comentário