Pesquisar Blog Jornal da Mulher

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Dia 5 de maio: alerta para higienização das mãos



Lavar as mãos de forma apropriada pode minimizar riscos para a saúde e evitar infecções graves, principalmente em serviços de saúde

A Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI) tem como uma das suas principais bandeiras a questão da higienização das mãos e nessa sexta-feira, que é comemorado o dia mundial da higiene das mãos, a SBI apoia a campanha mundial Salve vidas: higienize suas Mãos, da Organização Mundial de Saúde. Em 2017 tem assinatura “a luta contra a resistência microbiana: está em suas mãos” e o objetivo é conscientizar todas as pessoas para melhorar as práticas de higiene das mãos, sobretudo em serviços de saúde com a intenção de combater, com efetividade, a resistência microbiana.
Hoje, vários programas de segurança do paciente nos serviços de saúde tratam como prioridade o tema da higiene das mãos, mas ainda é um desafio para entrar na rotina. “Precisamos alertar cada vez mais sobre essa prática simples, barata e efetiva, mas que muitos serviços e profissionais não aderem e podem aumentar riscos das mais variadas infecções”, diz Carla Sakuma, infectologista e coordenadora do Comitê de Infecções Relacionadas à Assistência em Saúde (IRAS).
A higiene das mãos é uma medida bem reconhecida há anos para o controle e prevenção das infecções nos serviços de saúde, incluindo as provocadas por microrganismos multirresistentes, que levam muitas pessoas a óbito. Dessa forma, é fundamental que todos os profissionais de saúde sejam incentivados a adotar isso como rotina básica. “Precisamos enfatizar e sensibilizar todos os serviços de saúde para ficarem atentos a isso, já que o uso de álcool gel, por exemplo, deve ser regra e não exceção”, completa Carla.


Nenhum comentário:

Postar um comentário