Pesquisar este blog

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Nota de Repúdio - Uso de imagens infantis nas eleições


Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul manifesta preocupação com exploração de crianças nos conteúdos publicitários

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, acima do posicionamento político de sua Diretoria e Associados, vem através desta, manifestar seu mais veemente repúdio à veiculação de imagens em propagandas políticas de crianças, seja em gestos ou repetindo frases decoradas e sem contextualização, que em muito ultrapassam sua capacidade de entendimento ajustada a sua etapa de desenvolvimento, servindo apenas como marionetes para objetivos nem sempre claros ou informativos.

O fim nunca pode justificar os meios, num pensamento muito simplista. O limite a qualquer tipo de trabalho desempenhado por crianças e adolescentes em campanhas políticas afronta normas nacionais e internacionais. Criança não tem partido, mas possui políticas específicas de respeito e proteção ao seu desenvolvimento. A sociedade não pode mais partilhar desta certa forma contemporânea de trabalho escravo, que reaparece ciclicamente, a cada nova campanha eleitoral.

Temos a esperança que estas formas de promoção partidária, não encontrem em nossa sociedade capacidade de convencimento. Está na hora de acreditarmos que a valorização das boas políticas de educação e proteção ao desenvolvimento de nossas crianças, seja o principal meio que nossos pretensos governantes devam utilizar para atingirem os seus objetivos.






Diretoria
Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados