Pesquisar este blog

terça-feira, 9 de outubro de 2018

No segundo turno, discutir política no trabalho exige muita atenção



Consultora afirma que opiniões contrárias devem ser respeitadas, mas que assuntos polêmicos devem ser tratados com muito cuidado 


Nos últimos anos, o Brasil tem vivido uma intensa crise política, fazendo com que o assunto seja tratado como prioridade nos mais variados ambientes. E é lógico que o tema ganhou uma proporção impressionante com a chegada de Bolsonaro e Haddad ao segundo turno da eleição presidencial. Mas como tratar desse assunto tão polêmico no ambiente de trabalho? Para Silmara Santos Adad, supervisora do curso de Etiqueta e Comportamento Corporativo do Centro Europeu, as conversas não precisam ser evitadas, mas exigem muito cuidado.

“Política se transformou no assunto preferido dos brasileiros nos últimos anos. E é lógico que isso nem sempre é positivo, pois é um tema que mexe com emoções e ideais. Por se tratar de um assunto tão polêmico, ele invadiu o universo corporativo, e é aí que as pessoas precisam ter muito cuidado, não esquecendo que o seu colega, cliente ou chefe pode ter uma opinião diferente da sua”, detalha Silmara.

Caso o assunto entre em discussão no trabalho, a especialista sugere que ele seja tratado de maneira tranquila, madura e respeitosa, sem deixar de lado o bom diálogo. “O mais importante é saber respeitar a opinião do próximo, sem passar uma imagem extremista. A maturidade se torna ainda mais importante para evitar conflitos. E é sempre bom saber que escutar e saber a hora de parar de discutir são características elegantes e que transparecem autocontrole”, comenta a especialista.

Quando for indagado respeitosamente sobre temas políticos, Silmara sugere que o profissional não fuja do assunto, pois ter opinião sobre os mais variados temas é fundamental para quem busca se destacar no mercado de trabalho. “Por ser o assunto do momento no país, as pessoas têm muita curiosidade em saber o que as outras pensam. Então sempre que questionado, é muito importante emitir uma opinião, sem esquecer de ser claro e sereno”, completa. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados