Pesquisar este blog

terça-feira, 12 de junho de 2018

A maior gentileza começa com você mesmo



Mesmo quando procuramos por soluções para dores e doenças, é muito mais fácil indicarmos para outras pessoas do que reconhecermos a nossa própria necessidade. Você tem exercitado a maior gentileza, aquela que começa com você mesmo?


Para Fresia Sa, Fisioterapeuta especializada em Microfisioterapia e que atende dezenas de pessoas todas as semanas em seu consultório, muitas delas atrás de solução para problemas recorrentes, a maior gentileza começa com você mesmo. “Quando você passa a observar o seu próprio corpo, sua mente e suas emoções para identificar a origem do que lhe faz mal, já inicia a jornada de cura”.

“Recebemos muitos pacientes aqui na clínica com problemas bem específicos. Ou ao menos o que é possível identificar antes mesmo de realizar uma sessão: falta de sono, apetite exagerado, dores localizadas, enxaqueca, falta de estímulo pela vida”, explica Fresia, que complementa: “e a surpresa ao compreender as causas desses problemas é sempre grande”. Ela explica que ao negligenciar as pistas que o corpo dá, deixamos de buscar ajuda mais cedo.

Fresia explica: “a falta de sono, por exemplo, pode ser uma consequência de diversos fatores. A super fome também, a depressão, apatia, medo, tudo pode acontecer em decorrência de uma série de causas e um dos insights mais constantes é: eu não sabia que isso existia em mim. Eu não sabia do trauma, eu não sabia dessa crença limitante, eu não sabia que eu mesmo me sabotava e me impedia de crescer”.

A Microfisioterapia, segundo a especialista, é um processo incrível que ajuda a identificar e a curar essas causas. Ela enfatiza que o processo também ajuda a voltar o olhar mais para si: “temos que nos tornas nossos melhores amigos, acolher quem somos e trabalhar nosso interior, nossa rotina, nossos sistemas para viver melhor. Se temos que ser gentil com os outros, temos que ser ainda mais conosco. Se temos que olhar para o próximo com empatia, temos que nos aceitar com ainda mais amor”.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados