Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Podemos ou não comer antes de dormir?


Um dos mitos mais difundidos entre as pessoas é que não podemos comer antes de dormir. Há pessoas até que falam especificamente que a partir das 20h ou 21h é proibido se alimentar. Mas afinal: o que há de verdade nisso?

"Não é a hora em que você come, mas sim o que você come! A teoria do 'não coma à noite' parece bastante lógica à primeira vista, afinal quanto mais cedo você consome calorias, mais tempo você tem para queimá-las ao longo do dia. Alguns estudos descobriram que, em alguns casos, adultos saudáveis queimam menos calorias digerindo uma refeição à noite do que durante o dia. No entanto, sempre é importante que tenhamos em mente, ao interpretar estudos como este, que muitos deles são feitos em populações muito específicas, portanto, os resultados podem não ser aplicáveis a todos", afirma a coach e atleta Renata Spallicci.

A morena de 35 anos que também é fisiculturista diz que comer à noite pode ser contraproducente para o corpo se for a única refeição do dia ou se a pessoa economizar todas as suas calorias para o lanche da noite: "Se a pessoa for ensinada a comer a cada três ou quatro horas para maximizar a síntese de proteínas, então por que mudar essa rotina no final do dia? Temos que sempre levar em conta os hábitos de cada pessoa antes de dar veredictos, tais como o 'nunca coma depois das 20h!'. Comer muito próximo à hora de dormir pode sim aumentar os níveis e a resistência à insulina e níveis elevados de insulina fazem com que você armazene gordura em vez de queimá-la".

Pesquisas mostraram que as mulheres que, por quatro semanas, comiam um lanche na hora de dormir, mas também se exercitavam três dias por semana, não observaram aumento em seus níveis de insulina. 

"Logo, se você pratica exercícios com regularidade, a hora da sua última refeição não importa tanto assim. Por isso é mais importante se concentrar no que você come à noite do que na hora em que você come. O grande segredo para a comida noturna está em escolher os alimentos certos. Assim, você vai  manter seu corpo em um estado anabólico e preparar o terreno para o crescimento muscular e recuperação ideais durante o sono. A melhor aposta para um lanche noturno é proteína. Whey é o tipo mais comum encontrado em suplementos de proteína, mas a caseína é tradicionalmente considerada a melhor para consumir antes de dormir. Ela é liberada no estômago e absorvida na corrente sanguínea mais lentamente do que o soro do leite, tornando-a ideal para o anabolismo prolongado durante a noite de sono", detalha a Top 5 do mundo nas categorias 'Diva Fitness Model', 'Diva Fitness Model +35' e 'Diva Figure Model' no WBFF Los Angeles, nos Estados Unidos.

Pesquisadores na Holanda mostraram que consumir 40 gramas de caseína pós-exercício até 30 minutos antes do ato de ir dormir resultou em maior síntese de proteína muscular. Mais recentemente, um estudo no Journal of Nutrition mostrou que um suplemento de proteína (27,5 gramas de proteína, 15 gramas de carboidratos e 0,1 grama de gordura), ingerido antes do sono, levou a um aumento na massa e força muscular durante 12 semanas.

"Claro que comer uma lasanha ou uma pizza e ir para a cama não é aconselhável para ninguém! Mas, com a escolha certa dos alimentos, você pode, sim, comer à noite e ainda garantir uma noite de sono mais tranquila e relaxante! Dormir com fome ninguém merece, né?", finaliza a também escritora e palestrante que lançou recentemente o "Finalmente Magro", programa inovador de emagrecimento, promete uma verdadeira mudança de estilo de vida e uma perda de peso de até 10 quilos em seis semanas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados