Pesquisar este blog

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Grávidas devem se vacinar contra a gripe


Ginecologista e obstetra, Domingos Mantelli, indica a reação no organismo da mulher e do bebê


No próximo dia 12 de maio é o Dia D da 20ª Campanha de Vacinação contra a Gripe disponibilizada pelo Ministério da Saúde, que se deu início em 23 de abril. As Gestantes fazem parte do grupo prioritário que devem receber a vacina. Isso porque elas têm maior risco de desenvolver complicações causadas pela doença e, ao contrário do que se pensa, é mito acreditar que grávidas não devem ser vacinadas.

“A participação das gestantes nesta campanha contra a gripe é de extrema importância e não há problema algum que a futura mamãe seja vacinada”, afirma Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, acrescentando que, “logo após a vacinação ocorre imediatamente a imunização passiva do bebê, que passa a ser protegido até os seis meses de idade”, destaca o médico. 

Como o organismo leva, em média, de duas a três semanas para criar os anticorpos que geram proteção contra a gripe após a vacinação, é fundamental realizar a imunização no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno. O período de maior circulação da gripe vai de final de maio a agosto.

A campanha vai até dia 01 de junho e protegerá a população contra os três subtipos do vírus da gripe determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).  



Domingos Mantelli - Ginecologista e obstetra, com formação em neurolinguística e atuação na área de medicina psicossomática. É formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), com residência médica na área de ginecologia e obstetrícia pela mesma instituição. Também é autor do livro “Gestação: mitos e verdades sob o olhar do obstetra”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados