Pesquisar Blog Jornal da Mulher

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

DIA DOS PAIS: TRIBUTOS PODEM ATINGIR MAIS DE 80% DO VALOR D0 PRESENTE!



Levantamento realizado pelo IBPT demonstra a tributação incidente sobre os presentes que os filhos darão aos pais, no próximo dia 13, principalmente sobre artigos eletrônicos e importados


Neste 13 de agosto fazer o “paizão” feliz não será nada fácil, isso porque a carga tributária incidente sobre os produtos continua muito alta: a vodka,  por exemplo,  é a campeã  em tributos com 81,52% de encargos sobre o seu valor; seguida do perfume importado, com 78,43% dos tributos indo para os cofres dos governos federal, estadual e municipal. A versão nacional do produto também não fica atrás, com um percentual de 69,13%, conforme apurou o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação- IBPT.

Os aparelhos eletrônicos são historicamente os itens mais procurados e tributados, como é o caso do barbeador elétrico, com encargos de 48,11%; televisor, com 44,94% e o telefone celular, com 39,80%.

“Devido ao processo de industrialização, esses itens possuem uma alta incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados- IPI, o que faz com que a compra do presente ideal pese ainda mais no bolso do contribuinte”, informa o presidente executivo do IBPT, João Eloi Olenike.

A lista dos presentes mais procurados para o Dia dos Pais inclui ainda uma alta tributação sobre artigos do vestuário, como:  camisa 34,67%; gravata, 35,48%; e o relógio, 56,14% de tributos – o que contribui com mais da metade do valor para os cofres do governo.

De acordo com Olenike, infelizmente os principais presentes escolhidos para a ocasião são considerados supérfluos pelo órgãos arrecadadores, o que se reflete  em uma elevada tributação e acaba restringindo as compras do brasileiro neste momento de confraternização em família.


Carga tributária dos presentes do Dia dos Pais:

Produto
Carga tributária
Água de colônia (Nacio.)
50,38%
Almoço em restaurante
32,31%
Aparelho MP3 ou iPOD
49,45%
Barbeador elétrico
48,11%
Bola de futebol
46,49%
Calça (tecido)
34,67%
Calça Jeans
38,53%
Câmera fotográfica
44,75%
Camisa
34,67%
Caneta
47,49%
Canivete
43,47%
Casaco de couro/moleton
34,67%
Aparelho de DVD
50,39%
DVD automotivo
46,63%
GPS
50,30%
Gravata
35,48%
Guitarra
39,06%
Livros
15,52%
Moto (acima de 250 cc)
64,65%
Moto até 125 CC
52,54%
Óculos de sol
44,18%
Perfume Importado
78,99%
Perfume nacional
69,13%
Porta retrato
43,47%
Relógio
56,14%
Sapatos
36,17%
Serviço de TV por Assinatura
46,12%
Teatro e cinema
30,25%
Telefone celular
39,80%
Vodka
81,52%
Wisky
61,22%

Fonte: IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação)





Nenhum comentário:

Postar um comentário