Pesquisar este blog

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Rinoplastia estruturada: a técnica mais moderna na cirurgia de nariz



O nariz perfeito é o sonho de muitos brasileiros. Prova disso são os dados divulgados em um relatório da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica em 2013, que mostra que a média é de 80 mil procedimentos por ano somente no Brasil. Existem inúmeras opções e técnicas para cirurgia plástica do nariz, porém a mais consagrada e ao mesmo tempo moderna no mercado atualmente é a rinoplastia estruturada. 
Como o próprio nome já diz, esse procedimento consiste em estruturar os principais pontos anatômicos do nariz, melhorando sua funcionalidade e deixando-o com uma estética mais adequada, de acordo com o rosto do indivíduo. Essa técnica é diferente da rinoplastia redutora que busca só diminuir o nariz, sem se preocupar com a sua função nasal. 

Quando é indicada: 
De acordo com o cirurgião plástico da Clínica Costa Daher, Dr. Cesar Daher, a rinoplastia estruturada é indicada em casos complexos, como:  

·         narizes muito grandes;
·         perda de sustentação das válvulas (externas e internas);
·         rinoplastias secundárias ou terciárias;
·         desvios complexos do nariz.  
A cirurgia pode ser feita a partir dos 15 anos de idade, quando o desenvolvimento facial do paciente já está concluído. A orientação para quem deseja passar por este procedimento é procurar um cirurgião plástico habilitado com formação apropriada para prática de rinoplastias. 

Como é a cirurgia 
A cirurgia dura cerca de três a cinco horas, e a anestesia pode ser local ou geral. É realizada de forma aberta (exorinoplastia), fornecendo visão direta das estruturas nasais e assim proporcionando maior controle sobre as manobras cirúrgicas.  
Durante o procedimento, a pele é separada da estrutura do osso, e a cartilagem é esculpida. São realizados alguns enxertos de cartilagem, que na maioria das vezes são retirados do próprio nariz do(a) paciente, para estruturar ou fortalecer pontos fundamentais para que a estética seja alcançada e a função seja preservada ou restaurada. Em seguida, a pele é readaptada ao novo formato, e o procedimento é concluído. 

Pós-operatório 
A recuperação pós-operatória é exatamente igual à de uma rinoplastia convencional. O Dr. Cesar Daher, da Clínica Costa Daher, explica que é preciso manter a cabeça elevada por pelo menos 24 horas após a operação. A dor e o inchaço são normais neste primeiro momento. Os pontos são retirados com quatro dias, e o gesso ou imobilizador é retirado em oito dias, quando o cirurgião plástico avaliará o resultado. 
A cicatrização é lenta. O inchaço se mantém por vários meses e demora até um ano para os resultados serem vistos por completo. Durante esse período, o indivíduo deve consultar seu cirurgião plástico, para acompanhar todo o processo de cicatrização.




Dr Cesar Daher - O cirurgião plástico é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP); membro da Associação Brasileira da Cirurgia de Restauração Capilar (ABCRC); membro da American Society of Plastic Surgeons (ASPS); coordenador do Departamento de Eventos Científicos Regional Centro-Oeste; e preceptor do programa de especialização em Cirurgia Plástica do Hospital Daher Lago Sul, Brasília-DF. 

Clínica Costa Daher
Centro Médico Lúcio Costa, na SGAS 610/611 Sul.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados