Pesquisar este blog

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Moradores de condomínios enfrentam, cada vez mais, problemas com vagas de garagem



O tamanho das vagas de garagem pode, muitas vezes, atrasar a vida de quem mora em condomínio. Os moradores encontram esse problema ao se depararem com muitas vagas P, poucas M e quase nenhuma G. Com o aumento da frota na cidade e com a diminuição das vagas, agravaram-se os problemas nos estacionamentos dos condomínios, deixando tanto os moradores, quanto os síndicos, desorientados. 

As reclamações também acontecem por conta da dificuldade dos motoristas na hora de manobrar o carro. Por conta de alguns utilitários ocuparem mais espaços nos corredores, a tarefa de estacionar torna-se um problema para um considerável número de moradores. Por outro lado, os proprietários de veículos grandes, reclamam das poucas vagas disponíveis no tamanho “G”.

A padronização das vagas de garagem deve seguir a determinação da Prefeitura que, em 1992, estabeleceu o Código de Obras da cidade. De acordo com a norma, em São Paulo, os estacionamentos passam a ter os seguintes limites: 50% das vagas são de tamanho “P” (2m x 4,2m), 45% são de tamanho “M” (medida que comporta a maioria dos veículos) e, 5% das vagas são de tamanho “G” (minivans).

O síndico profissional Victor Pigato alerta o morador sobre a importância de verificar o tamanho da vaga destinada a ele, antes de trocar de carro ou apartamento. “É necessário procurar saber se a vaga é fixa e se o tamanho é compatível com o seu veículo. Estar em desacordo com as normas do condomínio poderá causar problemas com outros moradores e com a administração”, informa o especialista.

Boas soluções já utilizadas

A prática do sorteio temporário é uma das formas que os condomínios utilizam para solucionar os problemas com o tamanho das vagas. O sorteio possibilita o remanejamento dos veículos de acordo com as vagas por um período predeterminado. No entanto, para que essa prática seja aceita em assembleia, é necessária uma consulta a convenção do condomínio.
Outra solução viável é a contratação de uma empresa especializada em serviços de arquitetura para redesenhar as vagas, sendo possível, em alguns casos, até a criação de novas vagas nos estacionamentos.
O setor tecnológico também visa solucionar problemas como este. Algumas empresas disponibilizam softwares que auxiliam na otimização do espaço, seja para aumentar as vagas existentes e os espaços de manobras ou criar novas vagas. 
Para a contratação desse serviço, alguns cuidados devem ser tomados. “O síndico juntamente com a administradora deverá, principalmente, atentar-se aos requisitos técnicos das empresas e suas experiências no mercado, devendo submeter o assunto à uma assembleia caso haja interesse na contratação”, explica Pigato. 

O que o morador deve fazer?

O morador que estiver descontente com o vizinho, antes de procurá-lo e iniciar uma discussão, deve relatar ao síndico sobre o ocorrido e aguardar uma solução. “Muitas vezes, o síndico já possui uma demanda e, ao se deparar com a quantidade de reclamações a cerca do mesmo assunto, tratará o problema com prioridade. Dessa maneira, será possível intermediar a conversa com o intuito de evitar um ‘bate boca’ entre os moradores”, enfatiza o especialista em condomínios.
Muitas vezes, uma discussão pode começar por conta da falta de conhecimento e, para minimizar isso, é importante a leitura atenta da convenção e do regimento interno. Qualquer conflito, independentemente do assunto, deve ser discutido com educação e pontualidade, afinal, com uma boa conversa se resolvem anos de guerra.
Convocar uma assembleia exclusiva e ser flexível são aspectos indispensáveis para resolver os problemas de forma eficiente e imparcial. Conflitos como este são acalorados e requerem toda experiência por parte dos gestores, exigindo um síndico preparado e sensato para resolvê-los.
Para informações sobre como contratar um síndico profissional para o seu condomínio acesse www.victorpigato.com.br ou ligue para (11) 2688-5868.





Larissa Vidal





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados