Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Coach dá dicas para profissionais perderem o medo das férias



Receio de que alguém ocupe seu lugar no trabalho durante o período e falta de planejamento, são algumas das questões que norteiam o trabalhador


Estamos quase no mês de julho, conhecido no Brasil como o mês das férias, e muitos profissionais aproveitam para descansar, viajando com os filhos ou sozinhos. Este momento gera expectativas, mas também medo e insegurança, por diversos motivos. Segundo o especialista em coaching, Jaques Grinberg Costa, os principais são: 

- Receio de que alguém assuma o seu lugar no trabalho;

- O chefe pode encontrar falhas nas atividades desenvolvidas durante sua ausência;

- Despesas extras com passeios, viagens e compras podem prejudicar o orçamento;

- Pendências no trabalho que não foram finalizadas até o início das férias;

- Com a crise e falta de dinheiro, há o receio de sair de férias e ter que ficar e casa/na cidade onde mora.

Pelas regras atuais, as férias são um direito dos funcionários brasileiros e obrigatórias de acordo com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas), com no máximo 30 e no mínimo 20 dias. O período é determinado pelo empregador, mas geralmente é feito acordo entre os dois lados. “Se as férias são um direito e obrigatórias, temos que aproveitá-las ao máximo”, considera Jaques Grinberg Costa. Para curtir a época sem estresse, ele ainda dá dicas de atividades para cumprir e não se preocupar neste período:

  • Confie em você, no seu potencial como profissional. Se durante o ano você fez o seu trabalho, foi proativo e cumpriu as metas, não precisa preocupar-se;

  • As férias devem ser planejadas, principalmente as despesas financeiras. As viagens costumam ser mais baratas quando compradas com antecedência. Faça viagens dentro das suas condições, se o sonho estiver muito mais alto, comece a economizar agora para realizá-lo nas próximas férias;

  • Você irá receber um adiantamento e um acréscimo de 1/3 do seu salário. O adiantamento deve ser guardado, ele será descontado no seu próximo salário;

  • Você já sabe quando irá sair de férias com uma certa antecedência. Faça um planejamento e não deixe pendências. Sabe aquele orçamento solicitado ou job pendente? Finalize-o. O que depender de terceiros, avise os envolvidos no projeto que você estará ausente por um tempo, e que a sua parte já está finalizada;

  • Aproveite as férias ao lado de pessoas que você goste e consegue conviver. É um momento para descansar e evitar conflitos. Escolher as companhias faz parte do planejamento;

A falta de planejamento é, muitas vezes, o vilão das férias. Pense nelas como um job e aproveite para descansar. Quando retornar, terá muito trabalho!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

1.8 bilhão de pessoas continuam bebendo água potável sem proteção contra a contaminação por fezes

No âmbito do Dia Mundial do Banheiro, a Fundação We Are Water, uma iniciativa da Roca, alerta para a falta de acesso de milhões de pe...