Pesquisar Blog Jornal da Mulher

quarta-feira, 3 de maio de 2017

DIRIGINDO BEM TRAZ DICAS DE COMO TER UM TRÂNSITO MAIS SEGURO PARA LEMBRAR O "MAIO AMARELO"



Em suas aulas práticas e teóricas com auxílio psicológico, a rede também procura promover consciência e sensibilização sobre a importância da responsabilidade de todos para um tráfego respeitoso 


Neste mês de maio, é dada atenção especial à questão da prevenção de acidentes de trânsito em empresas e outros setores da sociedade civil. Isso acontece por conta Maio Amarelo, um movimento criado para alertar as pessoas para a alta taxa de mortes e lesões em acidentes automotivos em todo o mundo. Por isso, a Dirigindo Bem apresenta sugestões de boas práticas cotidianas e de como agir em determinadas situações em rodovias.

De acordo com Sérgio Santos, Diretor da Rede Dirigindo Bem, a educação para o trânsito é essencial e tem muito a ver com o tema Minha escolha faz a diferença do Maio Amarelo. "Através de conhecimento, atitudes e comportamentos preventivos, antecipados é possível respeitar nossa vida e dos outros e prevenir acidentes".

Sérgio aponta ações básicas essenciais de prevenção que devem ser tomadas pelo condutores no dia a dia, como:


- Use sempre o cinto de segurança;

- Mantenha as crianças em assentos testados e aprovados, não importa o quanto implorem para sair. Se precisar, faça pausas para que os menores possam esticar as pernas;

- Siga os limites de velocidade;

- Quando estiver dirigindo preste atenção o tempo todo, mesmo que esteja familiarizado com a área. Muitos acidentes acontecem a apenas alguns metros de casa;

- Seja cortês com outros motoristas;

- Dê aos pedestres o direito de passagem;

- Certifique-se de que o pneu sobressalente e o macaco estão no carro;

- Faça com regularidade a manutenção preventiva de rotina no veículo. As avarias podem ser perigosas e dispendiosas;

- Planeje o percurso com antecedência para longas viagens e mantenha um mapa ou atlas no carro no caso de alguém se perder.


E o que não deve ser feito?

- NÃO beba álcool e dirija, e não entre em um carro com um motorista que tenha bebido ou usado drogas;

- NÃO suponha que outros carros sabem o que você está fazendo, certifique-se de que usar todos os sinais necessários, sejam luminosos, de gestos, etc;

- NÃO deixe o som do carro alto, pois atrapalha os outros, e pode até mesmo, impedir de ouvir sirenes de emergência;

- NÃO fale no celular e dirija ao mesmo tempo. Se precisar fazer ou atender uma chamada telefônica enquanto estiver dirigindo, vá para um lugar seguro, use o telefone e depois retome a viagem;

- NÃO se envolva em outras atividades, enquanto dirige, como comer, trocar de roupa, passar maquiagem, etc. Isso fará você se distrair e reduzir o seu tempo de reação;

- NÃO deixe suas emoções e frustrações atrapalharem a direção. Respire profundamente, e só vá dirigir se estiver tranquilo;

- Não se envolva em brigas, não importa o quão irritante seja o outro motorista;

- NÃO deixe objetos de valor em seu carro, especialmente em lugares onde eles podem ser vistos, não importa onde esteja estacionado.


Além disso, o Diretor da Dirigindo Bem reforça alguns aspectos para quem está nas rodovias. Por exemplo, se alguém passa mal e não tiver um posto perto, a primeira orientação, é manter a calma e parar o veículo no acostamento. Como a pessoa se encontra em uma estrada, sempre existe um número de telefone para emergência. Portanto, ela deve ligar e explicar o que está acontecendo para que o pessoal da emergência passe os direcionamentos do que fazer. Por isso, mesmo que se saiba o número 192, é importante quando for pegar uma estrada, anotar o número do telefone de emergência daquela via especificamente.

Caso não exista ou não tenha um telefone para contato, siga com o veículo dentro da velocidade da via até um posto rodoviário ou de gasolina para mais orientações. Caso encontre uma cidade antes do posto, busque informação sobre um posto de socorro.




Dirigindo Bem
Telefone 0800 002 0221 - www.dirigindobem.com.br.



Nenhum comentário:

Postar um comentário