Pesquisar no Blog

terça-feira, 21 de julho de 2015

Saiba quais são os problemas de pele mais comuns no inverno




Baixas temperaturas e tempo seco favorecem algumas doenças dermatológicas
Quem nunca precisou recorrer a um hidratante para melhorar o aspecto seco da pele durante o inverno? De acordo com a Dra. Caroline Semerdjian, dermatologista do Hospital 9 de Julho, algumas doenças dermatológicas podem surgir ou piorar durante a estação. Isso acontece devido à diminuição da transpiração e da oleosidade natural da pele.
“Embora algumas doenças de pele, como a micose, apresentem melhoras durante as estações mais frias, é muito comum o desenvolvimento de coceiras, ressecamento e alergias”, ressalta a especialista.
Conheça quais são os problemas mais comuns e como evitá-los:
Ø    Xerose cutânea: Trata-se do que popularmente chamamos de pele seca. É caracterizada pelo ressecamento da pele, que pode causar a sensação de pele áspera, coceira, descamação e até rachaduras.

Ø    Dermatite atópica: A queda nas temperaturas não causa esta doença, mas pode levar a uma piora do quadro em quem já sofre dela. Além de causar intensa coceira, a dermatite atópica também leva a formação de crostas, principalmente nas “dobras” do corpo, como a parte de trás do joelho.

Ø    Psoríase: Assim como a dermatite, essa é uma doença crônica causada por fatores genéticos. Caracterizada por lesões avermelhadas que descamam, ela não tem cura, apenas tratamentos que melhoram o quadro. A queda nos termômetros facilita o ressecamento da pele e, consequentemente, aumenta os seus sintomas.
Nos três casos, a melhor forma de prevenção é a hidratação contínua da pele. “É importante lembrar que, na hora de escolher o hidratante, a preferência deve ser pelos produtos mais neutros, ou seja, com pouca cor – o ideal seria o branco -, e com pouco perfume”, lembra Dra. Caroline.
Além da hidratação externa, deve-se também hidratar o corpo de dentro para fora com o consumo abundante de água ao longo do dia. Banhos quentes e demorados devem ficar fora da rotina, bem como o uso de esponjas muito ásperas para limpeza da pele.
Hospital 9 de Julho-www.h9j.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Posts mais acessados